• Português
  • Español
  • English

Detector de Cio em Vacas e Éguas

  • Torna mais fácil determinar o melhor momento para o acasalamento de fêmeas com ciclos estrais atípicos

  • Permite que se detecte um período de estro assintomático (calor silencioso)

  • Torna a inseminação mais eficaz

  • Melhora o desempenho econômico das fazendas

  • Fácil de limpar e desinfetar

  • Resistente à água

  • Aparelho leve e ergonômico

Peso unitário (com bateria)

415 g

Dimensões

52 x 7 x 17 cm

Comprimento da sonda

42,5 cm

Fonte de alimentação

1 x 9 V, tipo 6F-22

Indicação de bateria baixa

Automática

Entrada de energia

Cerca de 18 mA

Controle de medição

Microcomputador de chip único

Tempo de trabalho estimado da bateria:

22h

Display

LCD, 3,5 dígitos

Faixa de medição

0-1990 unidades

Resolução de medição

10 unidades

Temperatura de trabalho recomendada

De 0 a 50°C

Temperatura de armazenamento recomendada

De 5 a 45°C

O conjunto inclui:

Detector de cio (estro)

1 x bateria do tipo 9V 6F-22,

Estojo plástico de transporte

Manual

 

Princípio de Operação:

Ao registrar mudanças na resistência elétrica do muco, a pessoa responsável pode estabelecer sintomas de um cio próximo.

Além de detectar a melhor data de acasalamento, o detector de estro também pode ser usado para confirmar a prenhez precoce (de 19 a 23 dias após o acasalamento). Se a fêmea não está prenhe, o dispositivo determina outro período de estro que ocorre nestes dias.

As medições são fáceis de fazer e consistem em inserir a sonda com dois eletrodos na vagina do animal e ler a medida.

Para detectar o cio ou a prenhez precoce, você deve fazer uma ou duas medições por dia durante vários dias consecutivos.

Bruno Cavalcante Borges

Gerente de Produto

Bruno Cavalcante Borges

Engenheiro Agrônomo

bruno.borges@tecnal.com.br