• Português
  • Español
  • English

Analisador de Atividade de Água – Modelo Labmaster AW NEO

Princípio de medição

Célula eletrolítica resistiva e sensor infravermelho

Faixa de Medição

0,0300 a 1,0000 Aa (Umidade relativa de equilíbrio - 3 a 100%) T: 0 a 60ºC

Resolução

0,0001 Aa e T = 0,1 °C

Tela

Touch Screen

Tempo de análise (dois modos)

- Rápido (no máximo 10 minutos)
- Lento ( para máxima acurácia e repetibilidade)

Fonte

100 a 260 VAC; 50/60 Hz;
Consumo máximo: 65W
Operação normal: <10W Stand-By: <0,1W

Gabinete/Peso

Aço híbrido pintado/ PUR
Peso aproximado: 10 Kg
Dimensões: (LxWxH): 423 x 260 x 186mm
Altura com o cabinete aberto: 462mm

Câmara/cubeta de medição

Para 12 ml (cubetas de amostragem: 40x13mm); o equipamento inclui 40 cubetas para amostras

Classe de proteção

IP21

Controle de temperatura Peltier

Temperatura de medida Programável na faixa de 0 a 60ºC

Sensor de Umidade/ Pontos de calibração

Célula de medição eletrolítica CM-2. Pontos de calibração de fábrica: sais padrões de 4%,6%,11%, 33%, 53%,58%, 75%, 84%,90% 97% e 100% RH, com chip, para identificação automática do número de série do sal

Filtro sensor de proteção para Voláteis

Opcional, e adequado a cada tipo de amostra e volátil

Sensor de Temperatura

Resistor preciso NTC

Garantia

1 ano contra defeitos de fabricação

Assistência técnica e Suporte técnico

Realizados pelo Representante Autorizado no Brasil

Comunicação

RS-232 Cabo e USB 2.0 para PC
RS-232 para impressora Epson TM-U220D
SD-CARD

Display (tela)

Touch Screen de 7 polegadas, capacitivo

Software

Novalog MC Windows Software

Rastreabilidade

- Gestão do usuário em total conformidade com a norma 21CFR11, incluindo permissão de grupos e perfis dos usurários
- Permite importar e exportar as configurações do equipamento no SD Card

Isotermas

Isotermas de Sorção Especiais podem ser gravadas no equipamento

Calibração

Automática (o equipamento reconhece o número de série do Sal automaticamente)

Faixa de Calibração

0,0400 a 1.0000aw

Precisão

+/-0,0020aw dentro da faixa de calibração, T: +/-0,10ºC

Repetibilidade

+/-0,0010aw dentro da faixa de calibração

Acurácia

+/-0,0030aw dentro da faixa de calibração, T: +/-0,20ºC

Inclui

01 Cabo de potência
01 Cabo RS-232 e USB 2.0 para PC
01 Cabo RS-232 para impressora TM-U220D
40 recipientes plásticos para amostras com dispenser para melhor acondicionamento
06 padrões de calibração rastreáveis, com UR 11,33,58,75,84 e 97%
01 Cabo de energia . Tensão de 90 a 260 V, 50/60 Hz.
01 Software NovalogMC PC visual
01 SD CARD
Manual do equipamento em pendrive.
01 Acessório magnético para remoção do filtro mecânico
MANUAL DE OPERAÇÃO DO INSTRUMENTO

APLICAÇÕES

Cárneos:

A análise de atividade de água em produtos cárneos torna-se cada vez mais importante, uma vez que o valor de aw influencia diferentes reações químicas no produto bem como fornece informações sobre a resistência dos microrganismos. Várias técnicas de preservação como salga, adição de açúcar, secagem ou congelamento reduzem a disponibilidade de umidade para os microrganismos por aumentarem a pressão osmótica no alimento e, conseqüentemente reduzem o valor de aw no produto.  Essas técnicas podem ser melhor definidas com o acompanhamento da análise de atividade de água.

 Pet food:

Teoricamente, sabemos que não existe crescimento microbiológico em produtos com atividade de água abaixo de  0,6.
Mais especificamente, os valores do limite de Atividade de água para o crescimento microbiano são os seguintes:
– Bactérias: ~ 0,91
– Levedura: ~ 0,88
– Bolores: ~ 0,70
– Leveduras osmóticas: ~ 0,60
Então significa que, para manter a segurança microbiológica, basta a indústria de nutrição animal garantir que seus produtos estejam com o nível de atividade de água em no máximo 0,6? Sim, isto é correto em termos de desenvolvimento microbiológico, mas justamente pelo fato da ração animal conter carboidratos e proteína, existem outras reações que deterioram o produto.

Panificação:

A qualidade e durabilidade dos produtos de panificação são afetadas na escolha da matéria-prima, formulação e condições de armazenamento. Estas características são limitadas pelo crescimento de fungos e bolores, sendo que algumas espécies crescem com atividade de água em torno de 0,8 Aw e outras, por volta de 0,6 Aw. É possível utilizar esta análise para controlar e melhorar a qualidade destes alimentos, além de desenvolver novos produtos com uma extensa vida de prateleira (shelf life).

Grãos e Sementes:

Para sementes o grau de umidade e a temperatura de armazenamento são os fatores de maior influência sobre a manutenção de sua viabilidade. Conhecer o valor de Atividade de água pode auxiliar a manter sementes estáveis, evitando a diminuição da atividade enzimática e conseqüente redução no fornecimento de nutrientes para a germinação. Outra função é evitar que sementes absorvam muita umidade do ambiente, resultando em uma rápida perda da viabilidade e reduzindo a porcentagem de emergência a campo.

Fármacos:

Ao controlarmos os valores de atividade de água, podemos prever os microorganismos que irão ou não se desenvolver no produto analisado.
Alguns exemplos de microorganismos como Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli e Salmonella não proliferam ou sobrevivem em produtos com atividades de água abaixo de 0,91; ao passo que as bactérias gram-positivas tais como Staphylococcus aureus não crescem abaixo de 0,86. Já o Aspergillus niger não se desenvolvem abaixo de 0,77. E, por fim, temos as leveduras osmofílicas e fungos xerofílicos, que não proliferam em produtos com Atividade de água inferior a 0,60.
Desta forma, quando fazemos o controle da Atividade de água nos produtos, sabemos quais os microorganismos poderão se desenvolver ou não, e assim podemos justificar a diminuição na frequência das Análises microbiológicas.

Mel:

A quantidade de água livre (atividade de água) necessária para o desenvolvimento de microorganismos é abaixo de 0,98 e depende da classe de microoganismos (~ 0,70 para mofos; ~0,80 para levedura; ~0,90 para bactérias). Leveduras osmofílicas são espécies que necessitam de um alto teor de açúcar para se desenvolver, e são capazes de crescer em produtos com baixa atividade de água (até 0,6 aw). E, desta forma, causam a fermentação no mel.

Cristalização do Mel:

A água do mel é fixada principalmente ao açúcar via ligação de hidrogênio. Os monossacarídeos glicose e frutose são os principais componentes do Mel.
Durante a cristalização do mel, principalmente a glicose cristaliza formando mono hidrato de glicose. A frutose é mais solúvel por um tempo maior. A água ligada à glicose é liberada durante o processo de cristalização, fazendo com que o teor de Atividade de água aumente.

 

 

 

 

Novasina

Novasina

Empresa suíça fabricante de equipamentos para análise de atividade de água para as áreas de Alimentos, Ração Animal, Farmacêutica, Cosméticos e produtos Químicos em geral.
Visite o site!
Vanessa Kalluf

Gerente de Produto

Vanessa Kalluf

Engenheira de Alimentos

vanessa.kalluf@tecnal.com.br

Produtos Relacionados